Um pouco mais sobre o teclado

É por intermédio do teclado, que o usuário pode inserir informações no computador. Inspirados nas velhas máquinas de escrever mecânicas, os teclados evoluíram muito. Hoje você encontra modelos ergonômicos, com design diferenciado, teclas de atalho multimídia…

Você sabia que:

  • A maioria dos teclados possuem entre 80 e 110 letras, incluindo teclas de digitação, teclado numérico, teclas de função e de controle.
  • As teclas de digitação são compostas por todas as letras do alfabeto e, geralmente, seguem os padrões de escrever em inglês, conhecido como QWERTY. Há também os padrões Dvorak (Onde as vogais ficam do lado esquerdo do teclado e as consoantes mais comuns do lado direito), ABCDE XPeRT, QWERTZ e AZERTY.Cada uma recebendo o nome das primeiras teclas do padrão. Os arranjos QWERTZ e AZERTY são normalmente usados na Europa.
  • O Teclado numérico foi adicionado recentemente e está configurado na mesma disposição das máquinas de cálculos.
  • O Teclado tem seu próprio processador e um circuito.
  • Os teclados ergonômicos surgiram em resposta às constantes reclamações dos usuários que culpavam o desenho do aparelho ao desenvolvimento de doenças como a LER (lesão por esforço repetitivo).
  • Outras inovações foram surgindo para tornar o teclado mais completo, fácil de usar e seguro. Além de permitir o uso por pessoas portadoras de algum tipo de deficiência.

One thought on “Um pouco mais sobre o teclado”

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *